Mergulho   Leave a comment

Escreve um poema
Mergulha no branco
Entra no improvável, Sê humilde
Não penses no que sabes
Esquece o que sentes, Sente
Se não sentes tira a roupa
Bebe água
Pinta um quadro
Esquece as cores que conheces
Imagina cores
Troca-lhes a lógica, Segue
Persegue
Respira debaixo da água do quadro
Transpira, Bebe água
Bebe mais água, Grita, Chora
Chora pela tua mãe
No teu sonho
Ela vem buscar-te
Inspira, Expira
Continua a pintar
Pinta até que o dia nasça no quadro
É difícil
Então mergulha mais fundo
Até veres os peixes
Ouve os seus lamentos
Eles também nadam neles
Não há só água no seu oceano…
No teu também não há só sorte ou amor ou lógica
Há contradições
Por isso não nades só…
Também mergulha
Mergulhar é fugir
Sem que a fuga seja cobarde.
Foto: João Carvalho (2009)
Texto: Tiago Nené
Anúncios

Posted 10 de Fevereiro de 2012 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Obrigado pelo seu comentário ! João Carvalho

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: