Archive for the ‘2010’ Tag

O teu sabor   1 comment

Naquele instante pensei
Que te perdia para sempre
Quando saíste assim
De repente
Sem olhar para mim
Foi grande a minha dor
Pensar e imaginar
Que naquele breve instante
Perdera o teu amor
Mas pensaste melhor
E num assomo de coragem
Voltaste atrás
Beijaste-me
E deixaste em mim
Para sempre
O teu sabor e imagem

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

Posted 4 de Dezembro de 2010 by João Carvalho in Pensamentos

Tagged with , , ,

Vagueio SOLITÁRIO no colo da tua NUVEM   1 comment

Vagueio solitário no colo da tua nuvem
Por cima de vales e colinas
Sou teu anfitrião à sombra daquele calor
Junto do lago da tua humidade
Esvoaço e danço nas tuas brisas felinas
Como a mentira pela verdade
Cintilam as estrelas em sua via
Entendem-se em céus intermináveis
Ao longo das margens da tua baía
As ondas junto de ti se enrolam
Ondas brilhantes de alegria
Um poeta não poderia ser mais alegre
Em tão bela companhia
Muitas vezes, quando no meu divã estou
Em vago ou pensativo humor
Elas brilham sobre aquele olho interno
Que é a felicidade da solidão
De um pensamento encharcado em dor
E o meu coração se preenche
Na palma suave da tua mão.

Texto: Raul Cordeiro
Foto: João Carvalho

Posted 15 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , , , ,

Há coisas   2 comments

Há dores que não se sentem
Apenas doem
E sentimentos que não mentem
Apenas moem
Há olhares que não se vêem
Apenas se olham
E mãos que não tocam
Apenas acenam
Há coisas que não mudam
E assim ficam sempre
Apenas coisas

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

Posted 9 de Agosto de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , , , ,

Homem ao Mar   Leave a comment

Foto: Miguel Carvalho

Posted 7 de Julho de 2010 by João Carvalho in Foto

Tagged with , , ,

Fátima   Leave a comment


Posted 13 de Maio de 2010 by João Carvalho in Foto

Tagged with , , ,

Fim de tarde…   Leave a comment

Esta sensação estranha
Esta ansiedade que se entranha
Esta luta interior
Este frio na raia do calor
Esta sensação estranha de ser
Esta sensação de perder antes de ter
Esta sensação antecipada de vazio
Esta sensação de que depois de amanhã
Não haverá mais manhã
Esta sensação estranha de que os gritos de outros
Calarão o meu assobio
Esta sensação estranha de marioneta nos teus braços
Ou de derreter nos teus abraços
Esta sensação estranha
De reservar um lugar
Para quem não pode estacionar
É isso mesmo
Uma sensação estranha
Mas que se entranha

Raul Cordeiro, Assobio

Posted 6 de Maio de 2010 by João Carvalho in Foto

Tagged with , , ,

Espelho   Leave a comment

Quero dizer (que no sonho não há espelho)
Tens medo de amar
E disfarças com um sorriso
Um bem tão bem
Um bem tão preciso
Ou tens medo de esconder de outros olhos
Uma ferida
Uma dor que cicatriza
Um sonho que não se realiza
Apenas digo
Que no sonho não há espelho
Somos só nós e o sonho
E somos tudo
O preto e o vermelho

Raul Cordeiro

Posted 24 de Abril de 2010 by João Carvalho in Foto

Tagged with , , ,

%d bloggers like this: