Archive for Julho 2014

O Tempo Não Pára   Leave a comment

SONY DSCEu sei
Que a vida tem pressa
Que tudo aconteça
Sem que a gente peça
Eu sei

Eu sei
Que o tempo não pára
O tempo é coisa rara
E a gente só repara
Quando ele já passou

Texto: Mariza (Letra de música)
Foto: João Carvalho (Portagem, Portalegre)

Posted 25 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

E pouco mais que…nada   8 comments

quinta-do-alamal1Quem me dera ser esse ser seguro
Assente em colunas firmes e frias
Que pendura o olhar no futuro
E descansa
Seguro como o Sol de Álvaro de Campos
Ou como a Lua de todos os dias
E dança
Seguro como são seguras as coisas seguras da vida
Como é seguro o adeus da despedida
À medida
Seguro como é segura a terra
Ou como são seguras as estrelas
Balelas
Não
Não sou seguro
Sou apenas uma pequena segurança
Da minha insegurança segura
E pouco
E nada

Texto: Raul Cordeiro in http://vidadaspalavras.blogspot.pt/
Foto: João Carvalho (Alamal, Portugal)

Posted 23 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

éramos sempre instante naquele tempo   1 comment

SONY DSC[para trás ficou o tempo, noutra morada, preso na inexistência da eternidade. abriu-se à memória dos dias, esvaziado de amanheceres. aquele tempo, éramos sempre instante naquele tempo.
e agora, rasgo todos os seres que trago na embriaguez dos dias, estou mais perto de outro fim, mais próximo de mim.]

Texto: danielcamacho

Foto: João Carvalho (Juromenha,Portugal, 2014)

Posted 17 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

É sonhar…   Leave a comment

SONY DSC— Dói-te alguma coisa?
— Dói-me a vida, doutor.
— E o que fazes quando te assaltam essas dores?
— O que melhor sei fazer, excelência.
— E o que é?
— É sonhar.

Texto: Mia Couto

Foto: João Carvalho (Alter do Chão, Portugal, 2014)

Posted 12 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Luz   Leave a comment

SONY DSCE a morte não me mata mais, tantas que são as lembranças.
E o medo está cada vez mais inseguro diante de mim.
“Antes morrer livres do que em paz sujeitos”…
Toda a minha alma se contorce numa dança embalada desta terna melodia de palavras… E eis que o seu final espaçado e vagaroso a (re)pousa num recanto deste coração sedento de bem-querer…
Talvez a lua desacordada tenha intenção de desaparecer na noite rapidamente…
Nem ela suporta a intensidade das energias que me esvaziam a luz do olhar.
Talvez o sol se esqueça de brilhar, porque o seu calor já não me devolve vida…
E se o alento sustento, vem da profundidade que me trespassa o sentir…

Texto: Eldazinha in http://vivemosdemomentos.blogspot.pt/

Foto: João Carvalho (Elvas, Portugal, Junho de 2014)

Posted 12 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Olhar   2 comments

SONY DSCPerdemos o mundo por um olhar? Claro que sim. É para isso que o mundo existe: para se perder na altura certa.

Texto: Julian Barnes
Foto: João Carvalho (Arronches,Portugal, 2014)

Posted 8 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

A única coisa é a vida.   Leave a comment

SONY DSCA única coisa é a vida. A única coisa é a vida de cada um. Sem vida, nada feito. Viver não é a melhor coisa que há: é a única coisa. Cada momento da vida não é único. Mas há momentos únicos. A nossa felicidade não é passá-los como quisermos. É dar por ela e aproveitá-los…A única coisa é saber que um dia virá em que nos será tirada a vida. Para sempre. Mas, por sabermos isso, não podemos perder tempo a pensar nisso…A única coisa é estar aqui, agora, a escrever isto. Enquanto posso. Enchendo-me de alegria.

Texto: Miguel Esteves Cardoso
Foto: Miguel Carvalho (Quarteira, Portugal)

Posted 7 de Julho de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

%d bloggers like this: