Archive for Outubro 2013

Reflexos da mente…   2 comments

600872_173876256144058_1463407962_nPercepção, lembranças e vontades são reflexos da mente.
É nela que os sentidos se transformam em sensações, provocando sentimentos e vice-versa.

Texto: Cicero Benac 

Foto: João Carvalho

Anúncios

Posted 30 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Destino   3 comments

SONY DSC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tu és o arquitecto do teu próprio destino.

Texto: Ella Wheeler Wilcox

Foto: João Carvalho (Elvas, 20 de Outubro de 2013)

Posted 21 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

medir o tempo   2 comments

SONY DSC

 

 

 

“O tempo, se não sabes deverias saber, apenas se mede em suspiros. Há quanto tempo deste o teu último?”

Texto: Pedro Chagas Freitas
Foto: João Carvalho (Ribeira de Arronches)

Posted 14 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Talvez tenha acabado o verão   1 comment

SONY DSC
Há um grande vento frio
…cavalgando as ondas,
mas o céu está limpo
e o sol muito claro.
Duas aves dançam sobre
as espumas assanhadas.
As cigarras não cantam mais.
Talvez tenha acabado o verão.

 

Texto: Rubem Braga
Foto: João Carvalho

Posted 13 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

O que Distingue um Amigo Verdadeiro   5 comments

SONY DSCNão se pode ter muitos amigos. Mesmo que se queira, mesmo que se conheçam pessoas de quem apetece ser amiga, não se pode ter muitos amigos. Ou melhor: nunca se pode ser bom amigo de muitas pessoas. Ou melhor: amigo. A preocupação da alma e a ocupação do espaço, o tempo que se pode passar e a atenção que se pode dar — todas estas coisas são finitas e têm de ser partilhadas. Não chegam para mais de um, dois, três, quatro, cinco amigos. É preciso saber partilhar o que temos com eles e não se pode dividir uma coisa já de si pequena (nós) por muitas pessoas.

Os amigos, como acontece com os amantes, também têm de ser escolhidos. Pode custar-nos não ter tempo nem vida para se ser amigo de alguém de quem se gosta, mas esse é um dos custos da amizade. O que é bom sai caro. A tendência automática é para ter um máximo de amigos ou mesmo ser amigo de toda a gente. Trata-se de uma espécie de promiscuidade, para não dizer a pior. Não se pode ser amigo de todas as pessoas de que se gosta. Às vezes, para se ser amigo de alguém, chega a ser preciso ser-se inimigo de quem se gosta.

Em Portugal, a amizade leva-se a sério e pratica-se bem. É uma coisa à qual se dedica tempo, nervosismo, exaltação. A amizade é vista, e é verdade, como o único sentimento indispensável. No entanto, existe uma mentalidade Speedy González, toda «Hey gringo, my friend», que vê em cada ser humano um «amigo». Todos conhecemos o género — é o «gajo porreiro», que se «dá bem com toda a gente». E o «amigalhaço». E tem, naturalmente, dezenas de amigos e de amigas, centenas de amiguinhos, camaradas, compinchas, cúmplices, correligionários, colegas e outras coisas começadas por c.
Os amigalhaços são mais detestáveis que os piores inimigos. Os nossos inimigos, ao menos, não nos traem. Odeiam-nos lealmente. Mas um amigalhaço, que é amigo de muitos pares de inimigos e passa o tempo a tentar conciliar posições e personalidades irreconciliáveis, é sempre um traidor. Para mais, pífio e arrependido. Para se ser um bom amigo, têm de herdar-se, de coração inteiro, os amigos e os inimigos da outra pessoa. E fácil estar sempre do lado de quem se julga ter razão. O que distingue um amigo verdadeiro é ser capaz de estar ao nosso lado quando nós não temos razão. O amigalhaço, em contrapartida, é o modelo mais mole e vira-casacas da moderação. Diz: «Eu sou muito amigo dele, mas tenho de reconhecer que ele é um sacana.» Como se pode ser amigo de um sacana? Os amigos são, por definição, as melhores pessoas do mundo, as mais interessantes e as mais geniais. Os amigos não podem ser maus. A lealdade é a qualidade mais importante de uma amizade. E claro que é difícil ser inteiramente leal, mas tem de se ser.

Texto: Miguel Esteves Cardoso, in ‘Os Meus Problemas’                  Foto: João Carvalho

Posted 4 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Sonhos   Leave a comment

SONY DSC

 

 

 

 

Quero do sol os sonhos para com ele encontrar o olhar brilhante onde me sei ver…

Texto: Ana Coelho

Foto: João Carvalho (2013)

Posted 2 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Outubro   1 comment

SONY DSC

 

 

“Não se pode criar experiência, é preciso passar por ela”

 

Texto: Albert Gamus

Foto: João Carvalho (Elvas, 1 de Outubro de 2013)

Posted 2 de Outubro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

%d bloggers like this: