Archive for Setembro 2013

Outono   1 comment

SONY DSC

 

O Outono prossegue o seu caminho por entre gotas de chuva suaves e ventos que despem as árvores…prossegue ao encontro da nova estação sempre com a alma em tons de fogo…o cheiro a terra molhada a lembrar que as raízes são o que mantém a vida com vida…

 
Texto: Ana Coelho

Foto: João Carvalho

Posted 30 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Chuva   1 comment

SONY DSCChuva de uma vida inteira a esculpir à medida
tudo o que não toca.

Sabe a morte cada silêncio
cada ilusão que parte com o vento
deixa estagnada
a água do rio
que segura no ventre.

Agarra-se a tudo o que aceita
como parte das coisas possíveis no mundo
enchendo por fora, esvazia por dentro…

Vê como as mãos lhe estão já cheias
de tantos enleios na vida
que ora ama
ora odeia.

E segue…
e fica…
arquivando nas curvas da memória
todas as histórias de que é feita…

Texto: Sónia Micaelo

Foto: João Carvalho

Posted 27 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Alquimia sem Dimensões   Leave a comment

SONY DSCEsculpir com alma é ser-se embaixador e alquimista dum templo de tentações que resiste ao tempo. Numa odisseia, onde é preciso encomendar com antecedência a felicidade, até garantir um oceano de sensações inteiramente nosso!
É preciso resistir ao tempo… sem saber a duração e o formato da temporalidade…
Locais inesperados fazem – no imaginário – uma mesa para dois. Quando caídos num, avistamos um avião que desenhou uma linha de fumo esbatido no céu, que parecia indicar um caminho que deveríamos seguir.
De olhos em bico, acabamos por nos (re)encontrar… Lá, onde as mais estranhas naturezas se juntam…
Ou não fosse a rua a melhor sala de cinema dos nossos dias. São inúmeras as fitas na rua… fitas de rua… sem tempo e espaço para acontecerem. Um amplo espectáculo aberto para passageiros ou simples transeuntes, que correspondam aos estímulos de arte! A novos ‘voos’…
No rasto deste fado, o que fica?
Um manto negro. Quiçá uma ardósia, pendurada à porta duma parede velha caiada de branco, com o horário do espectáculo por definir…
De rugas pisadas no rosto, o desfecho é simples de adivinhar e, já foi concretizado em palavras, por Oscar Wilde:
«Adoro as coisas simples. Elas são o último refúgio de um espírito complexo.»

Sim… Entrámos definitivamente noutra dimensão!

Texto: Eldazinha in http://vivemosdemomentos.blogspot.pt/

Foto: João Carvalho

Posted 24 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

metamorfose   Leave a comment

SONY DSC

 

 

É de dia que a lua dorme para desenhar novos sonhos na metamorfose constante em que se desdobra em mil pedaços de cristal…regressa sempre com a luz do sol nas costas para regar a eterna utopia dos poetas…que em mentes inquietas sonham nas horas sem sono!

 
Texto: Ana Coelho

Foto: João Carvalho (Portalegre, Setembro de 2013)

Posted 18 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

coisas simples   Leave a comment

SONY DSC

 

 

Adoro as coisas simples.

Elas são o último refúgio
de um espírito complexo.

Texto: Oscar Wilde

Foto: João Carvalho

Posted 16 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Distância   2 comments

cropped-dsc56517

 

 

 

 

 

[a distância não são números, são ideias que nos levam para longe quando não queremos ir. mas o corpo vai,

misturando-se nas ruas, entre os outros, mesmo que minta, porque a mente muitas vezes fica.

a distância é o que nos faz querer sempre mais, o horizonte não termina naquela ténue linha que separa o sonho do real,

é lá que moram todos os amanhãs.]

 

Texto: Daniel Camacho

Foto: João Carvalho

Posted 14 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Fronteiras   1 comment

SONY DSC

 

 

 

Nós somos livres, para estabelecer as fronteiras dos nossos sonhos.

Texto: Paulo Coelho

Foto: João Carvalho

Posted 12 de Setembro de 2013 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

%d bloggers like this: