Archive for the ‘Pensamentos’ Tag

A única coisa é a vida.   1 comment

SONY DSCA única coisa é a vida. A única coisa é a vida de cada um. Sem vida, nada feito. Viver não é a melhor coisa que há: é a única coisa. Cada momento da vida não é único. Mas há momentos únicos. A nossa felicidade não é passá-los como quisermos. É dar por ela e aproveitá-los…A única coisa é saber que um dia virá em que nos será tirada a vida. Para sempre. Mas, por sabermos isso, não podemos perder tempo a pensar nisso…A única coisa é estar aqui, agora, a escrever isto. Enquanto posso. Enchendo-me de alegria.

Texto: Miguel Esteves Cardoso
Foto: Miguel Carvalho (Quarteira, Portugal)

Anúncios

Posted 1 de Julho de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Roda furiosa da vida   Leave a comment

SONY DSCTenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor.
Eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
Até mesmo aqueles que não percebem o quanto são meus amigos e o quanto minha vida depende de suas existências.
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem. Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida. É delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não têm noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí.
E me envergonho, porque essa minha prece é em síntese, dirigida ao meu bem estar.
Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos, cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer.
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que não desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os.
Com o meu carinho!

Texto: Vinícius de Moraes

Foto: João Carvalho (Portalegre)

Posted 17 de Junho de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

agua selvagem   1 comment

SONY DSC

 

alguma vez te disseram
baixinho
que sabes a água selvagem
que és tu a criatura
que me embaraça
que me faz sentir rio
sem margem
alguma vez alguém te deu
o que te disse eu?

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

Posted 8 de Maio de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

um dia ao virar da tarde…   Leave a comment

12957551_482444498620564_4148510041134189924_oEra um dia nítido demais para ser negado
Para sentir na pele o mistério dos poetas
Que amam sem ser amados
Que beijam sem ser beijados
E trabalhos e canseiras
E ventos e poeiras
E dores e panaceias
E recantos escondidos
Que tolhem as nossas ideias
Não esperava que fosse madrasta
Nem que chutasse para canto
Mas tão só que falasse e ri-se
E espalhasse o encanto
Mas entre rios e pedras
E flores e ervas
Será acertada a maré
Será verdade até
Que um dia ao virar da tarde
Mais cedo do que noite
Será dissipado o mistério
Será desfeito o silêncio
E será verdade que por entre o teu vestido de folhos
Se cruzarão os nossos olhos
Texto: Raul Cordeiro
Foto: João Carvalho (Elvas, 2016)

Posted 13 de Abril de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Eterna   Leave a comment

SONY DSCEterna
A penumbra que derramaste
Entre os meus dedos,
E o verde desses olhos,
Morena
Na enseada onde o devaneio dos corpos
Ia repousar em tempos idos.

Eterna
A voz que ecoaste neste silêncio.
Mulher amada,
Inventando a maresia
Num recanto sombrio do meu quintal.

De chuva caída pelo rosto
E palavras rodopiando pelos cabelos,
Gritam planícies
Coragem
Na Despedida.

Direi ao mar que sempre virás.

Texto: © Célia Moura–a publicar “No Hálito de Afrodite” 23/10/2012 in https://celiamoura.wordpress.com/2012/10/23/eterna/
Foto: João Carvalho, Ponte da Ribeira Grande
Fronteira, Portalegre, Portugal, 2015

Posted 4 de Abril de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Portalegre Cidade   Leave a comment

1610040_210648612466822_1197255749_nToada de Portalegre

Em Portalegre, cidade
Do Alto Alentejo, cercada
De serras, ventos, penhascos, oliveiras e sobreiros
Morei numa casa velha,
Velha, grande, tosca e bela,
À qual quis como se fora
Feita para eu morar nela…

Cheia dos maus e bons cheiros
Das casas que têm história,
Cheia da ténue, mas viva, obsidiante memória
De antigas gentes e traças,
Cheia de Sol nas vidraças
E de escuro nos recantos,
Cheia de medo e sossego,
De silêncios e de espantos,
– Quis-lhe bem como se fora
Tão feita ao gosto de outrora
Como ao do meu aconchego.

…………….

Texto: José Régio

(O poeta José Régio (1901-1960) é homenageado hoje, dia 21 de Março de 2016, Dia Mundial da Poesia, em Portalegre, numa iniciativa da Fundação Inatel)

Foto: João Carvalho (Portalegre, 2014)

Posted 21 de Março de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , , ,

Cegonha   Leave a comment

SONY DSCOlá cegonha, gosto de ti!
Há quanto tempo, te não via por aí!
Nem teus ninhos nos telhados,
Nem as asas pelo céu!
Olá cegonha! Que aconteceu?

Ainda me lembro de ouvir-te dizer,
Que tu de longe os bebês vinhas trazer!
Mas os homens vão crescendo,
E as cegonhas a morrer!
Ainda me lembro…não pode ser!

Adeus cegonha, tu vais voar!
E a gente sonha…é bom sonhar!
No teu destino, por nós traçado!
Leva o menino, que é pequenino, toma cuidado!

Adeus cegonha, adeus lembranças…
A gente sonha, como crianças!
Faz outro ninho, nos altos céus!
Vai de mansinho, mas pelo caminho, diz-nos adeus!

Adeus cegonha, tu vais voar!
E a gente sonha… é bom sonhar!
No teu destino, por nós traçado…
Leva o menino, que é pequenino, toma cuidado!
Leva o menino… mas tem cuidado!

Texto: Carlos Paião
Foto: João Carvalho (Portalegre, Portugal, 2015)

Posted 17 de Março de 2016 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

%d bloggers like this: