Archive for Outubro 2010

Esplendor….   Leave a comment

Foto: João Carvalho

Anúncios

Posted 27 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto

Tagged with ,

A vida   1 comment

É vão o amor, o ódio, ou o desdém;
Inútil o desejo e o sentimento…
Lançar um grande amor aos pés de alguém
O mesmo é que lançar flores ao vento!

Todos somos no mundo >,
Uma alegria é feita dum tormento,
Um riso é sempre o eco dum lamento,
Sabe-se lá um beijo de onde vem!

A mais nobre ilusão morre… desfaz-se…
Uma saudade morta em nós renasce
Que no mesmo momento é já perdida…

Amar-te a vida inteira eu não podia.
A gente esquece sempre o bem de um dia.
Que queres, meu Amor, se é isto a vida!

 

Poema: Florbela Espanca

Foto: João Carvalho

Posted 25 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , , ,

O TEMPO SABE A POUCO   1 comment

O dia vai longo na tarde
Cai o Sol no horizonte
Quando sem quereres e saberes
Me apareces defronte
Olho-te e dispo-te com o olhar
Da pouca roupa que vestes
Pedes-me para parar
Ainda que por breves instantes
Preferes estar comigo a sós
Escondida ao pôr-do-sol
Ao fim da tarde beijar-me
E cobrires-me com teu lençol
Bem enrolados os dois
No emaranhado de um corpo
Passa depressa a noite
O tempo sabe-nos a pouco
De manhã de novo o Sol
Refresca nosso calor
Bem alto no horizonte
Ilumina nosso amor




Foto: João Carvalho
Poema: Raul Cordeiro

Posted 23 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , ,

Caminhas   Leave a comment

 Indiferente, leve e segura
 Segue à frente da vida
 Ciosa de uma paixão
 Que não é proibida
 Indiferente, leve e segura
 Ergue a cabeça e corre
 Para os braços de alguém
 Daquele amor que não morre
 Indiferente, leve e segura
 O futuro e já agora
 Um imenso presente
 Que espera à tua porta
 Indiferente, leve e segura…

 Texto: Raul Cordeiro
 Foto: João Carvalho

Posted 21 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , ,

Era (só) a Lua nos teus olhos   1 comment

Era dia e alvorada
Tarde, noite ou madrugada
Era a Lua nos teus olhos
De medo alvoraçada
Eram pássaros e ninhos
Tarde, vento, remoínhos
Era a Lua nos teus olhos
Brilhantes, pequenininhos
Eram sóis e gotas de chuva
Tarde que cai na noite feita luva
Era a Lua nos teus olhos
Carmim cor de uva
Eram dias e noites e dias
E manhãs e tardes sombrias
Era a Lua nos teus olhos
Tristezas e mordomias
Eram só semanas e anos
Para séculos de desenganos
Era a Lua nos teus olhos
Com seus respiros ufanos
Era todo o tempo que fosse
Seria teu, tua posse
Era a Lua nos teus olhos
Dos amores os meus restolhos
Texto: Raul Cordeiro   Foto: João Carvalho

Vagueio SOLITÁRIO no colo da tua NUVEM   1 comment

Vagueio solitário no colo da tua nuvem
Por cima de vales e colinas
Sou teu anfitrião à sombra daquele calor
Junto do lago da tua humidade
Esvoaço e danço nas tuas brisas felinas
Como a mentira pela verdade
Cintilam as estrelas em sua via
Entendem-se em céus intermináveis
Ao longo das margens da tua baía
As ondas junto de ti se enrolam
Ondas brilhantes de alegria
Um poeta não poderia ser mais alegre
Em tão bela companhia
Muitas vezes, quando no meu divã estou
Em vago ou pensativo humor
Elas brilham sobre aquele olho interno
Que é a felicidade da solidão
De um pensamento encharcado em dor
E o meu coração se preenche
Na palma suave da tua mão.

Texto: Raul Cordeiro
Foto: João Carvalho

Posted 15 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , , , ,

O elogio da minha loucura   1 comment

Não há terra, nem céu, nem mar
Que escutem os meus pés em cativeiro
Se o tempo cavou ruínas na minha pele
Foi porque ele, o tempo, chegou primeiro
Procuro
Num espelho, a companhia de um sorriso
Sei que é loucura odiar todas as rosas
Sei que é loucura perder o juízo
Mas que façam o elogio do louco
É por agora
Apenas o que preciso
Quero sentir quem sou
Se sou muito ou pouco
Se sou assim
Antes que o tempo
Na sua escavação
Descubra os vestígios
Que não sou louco
Não…                                      Texto: Raul Cordeiro                               Foto: João Carvalho

Posted 14 de Outubro de 2010 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with , ,

%d bloggers like this: