Archive for Novembro 2011

Já lá devia de estar……………….   Leave a comment

23/11/2011

BRUCE SPRINGSTEEN & THE E STREET BAND CONFIRMADOS PARA O PALCO MUNDO DO ROCK IN RIO-LISBOA 2012

A organização do Rock in Rio acaba de confirmar a presença de um dos artistas mais aguardados de sempre pelo público português: Bruce Springsteen & The E Street Band vão atuar no Palco Mundo na 5ª edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo!

O cantor norte-americano e a sua banda voltam a Portugal no dia 3 de junho de 2012, depois de 19 anos do único concerto que deu em solo nacional, satisfazendo os pedidos de milhares de fãs que anseiam pelo regresso do autor de êxitos como “Glory Days”, “Born in the USA”, “Streets of Philadelphia”, “Hungry Heart”, “Born to Run”, “Dancing in the Dark”, entre muitos outros.

Tendo em conta o grande interesse do público por este artista, a organização do Rock in Rio decidiu antecipar a venda de bilhetes exclusivamente para este dia, possibilitando desta forma que o público os adquira mantendo o valor da última edição do evento: 58 euros. Os interessados podem adquirir o seu bilhete a partir do dia 3 de dezembro na FNAC, em 69 sucursais do Millennium bcp, nos postos de abastecimento da BP aderentes (30 euros + 1.500 pontos BP Premium) e no site oficial do evento em http://www.rockinriolisboa.sapo.pt. Relembramos que quem já tiver adquirido o Kit de Natal do Rock in Rio-Lisboa 2012 pode trocar o voucher entre 7 de março e 7 de abril por um bilhete para o dia do concerto de Bruce Springsteen & The E Street Band.

BRUCE SPRINGSTEEN & THE E STREET
Anúncios

Posted 24 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Musica

No rasto de um lindo avião   Leave a comment

Dançarino do horizonte
Deixei atrás de mim vários ontens
Não sei como cresci
Ou até se comi o algodão doce das nuvens
Dos sóis que percorri
Ou do chão
Se um dia novo nasceu para mim
No rasto de um lindo avião
Isso é história que não conto
De um dançarino no chão
Com os olhos no avião

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho, 2011

Posted 24 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

A ONDA DO MEU MAR   Leave a comment

O rastejo do mar cinzento
Na infinidade que se vislumbra
Esconde segredos nas conchas
Esconde segredos na penumbra
E no sibilar de uma onda
Numa maré gelada de tundra
Corre para a praia ombro no ombro
Treme de espuma redonda
Nos movimentos que ensaia e desfia
É da praia a sonda
Numa triste alegria.

 

Texto: Raul Cordeiro in www.avidadaspalavras.net

Foto: João Carvalho, 2011

Posted 18 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Há apenas uma imensidão de lagos transparentes   Leave a comment

Entre querer e poder
Há apenas uma imensidão de lagos transparentes
De silêncios e verdades
De hesitações
Entre querer e poder há um tempo
Que se fechou em armários
Entre fotografias e verdades
Entre querer e poder há uma lei
Inexorável
A lei do tempo
De papéis velhos sem cores nem rei
Dos restos do momento
Entre querer e poder
Há uma imensidão de lagos transparentes
E um lamento

Texto: Raul Cordeiro in http://www.avidadaspalavras.net/

Foto: João Carvalho (A caminho de Fátima, Setembro de 2011)

Posted 17 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

ATÉ AO PÔR DO SOL   1 comment

Em campos de verdes prados
Plenos de cor, vigilantes
Meus pensamentos viajam até ao pôr-do-sol

Rochedos abruptos tecem o céu em brados
Enviam ondas azuis e amarelas berrantes
Meus pensamentos viajam até ao pôr-do-sol

O seu cabelo envolve-se em caracóis platinados
Qual cotovia por cima de arbustos e tomilho;
Meus pensamentos viajam
Graciosamente rindo até ao pôr-do-sol

Por cima dos campanários dos templos iluminados
Nada na humanidade consegue o meu fixo olhar
Da terra sou seu filho
Minha vida passa à toa
Meus pensamentos marcham
E viajam até ao pôr-do-sol

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho (Quarteira, Setembro de 2011)

Posted 15 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

  Leave a comment

 

Posted 15 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Musica

Vaidade   Leave a comment

Do lado de fora de um homem feito
Nasce uma seta reta no peito
Uma capa negra
E um desejo violento
De devorar os sonhos à mesa
Num repasto doce e lento
Toda a forma
Toda a vida
Tem uma morte
Que vai crescendo a seu lado
E exibindo a sua vaidade
A vida passa
É um defeito que passa
Passa com a idade

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho (Quarteira, Setembro de 2011)

Posted 12 de Novembro de 2011 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

%d bloggers like this: