Jorro d´Almas   2 comments

entardecer1Entrego-me a ti, meu desejo em fonte.
Em corpo de guitarra adormecida
Em água jorrada da alma.
Serenata oculta de música erudita,
Silêncios invertidos
Em pausas meticulosas.
Procrastinação.

Já não se soltam os versos...
Os verbos perderam os seus tempos correctos.
Canduras doutros tempos.
Rumo dos outros retorquido.
Meu não atendido.
Obstinação.

O lado de fora é o mais visível
O de dentro intangível.
Para quem passa...
Escolha de múltiplo vértice,
Templo cúmplice, encoberto,
Dessa força, dessa raça...
Emancipação.

Texto: Elda Lopes Ferreira
Foto: João Carvalho (Elvas, Portugal)

 

Anúncios

Posted 12 de Maio de 2015 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

2 responses to “Jorro d´Almas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Grande foto!

    Liked by 1 person

  2. Reblogged this on My Blog News.

    Liked by 1 person

Obrigado pelo seu comentário ! João Carvalho

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: