Solidão (devaneios)   2 comments

SONY DSCHá portas na vida que se fecham e se abrem e outras que estão sempre entreabertas como se do outro lado soprasse uma brisa leve que nem fecha a porta nem a abre, mas nos traz beijos de vez em quando.

Alguém disse há uns tempos que a vida é um encontro de solidões.

Eu diria que sim.

É um encontro de solidões que por vezes se encontram e por vezes se separam.

Por muito que quisesse nunca poderei esquecer as brisas que me aquecem a solidão.

Pode ser perigoso abrir ou fechar demasiado a porta.

Agrava a solidão.

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

 

Anúncios

Posted 14 de Novembro de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

2 responses to “Solidão (devaneios)

Subscribe to comments with RSS.

  1. Acho que temos de aprender a gostar de estar connosco. Afinal, de nós próprios não podemos fugir, principalmente na solidão…
    Beijocas*

    Liked by 1 person

  2. Achei o encontro de solidões preciso e triste. Por isso prefiro a vida como um espaço de conversas.

    Liked by 1 person

Obrigado pelo seu comentário ! João Carvalho

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: