Trazia infinitos na ponta dos dedos.   2 comments

SONY DSCTrazia infinitos na ponta dos dedos.
Com eles acariciava os cabelos
desgrenhados do vento.

Por varias vezes a vi
encostar a face às madrugadas
que um pássaro fugidio lhe trazia
enquanto as pedras
lhe segredavam aos pés
os segredos da terra.

Amiúde regressava ao inicio
onde o tempo não se conta por horas
onde o tempo é nada mais
que um corpo desabrigado
caminhando às cegas.

Antes que a luz de todos os quartos
lhe acendesse os olhos
beijava o avesso de todas as distâncias
com os seus lábios de cinza.

Depois adormecia.
Sabendo ser ela
a sede e o lume
aninhada
nos braços da palavra rasgada
que na luz
alguém voltaria a usar inteira.

Texto: ©Sónia M
Foto: João Carvalho (Portalegre, Portugal)

Anúncios

Posted 17 de Agosto de 2014 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

2 responses to “Trazia infinitos na ponta dos dedos.

Subscribe to comments with RSS.

  1. Adorei a foto, fantástica!
    (Obrigada.)

    Gostar

  2. lindo 😉

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário ! João Carvalho

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: