O Vento   Leave a comment

Contra as amarras da vida
Um vento forte e raivoso
Faz-me dançar sem querer
Num tom cruel e jocoso
Seguro-me ao que posso
Agarro as forças que tem
Danço ao seu sabor
Num terrível vaivém
Vivo a vida a dançar
Ao seu sabor jocoso
Como se a vida gostasse
De viver sempre no gozo
Um gozo triste e alegre
Uma tremenda ilusão
Se eu pudesse agarrar o vento
Na palma da minha mão

Texto: Raul Cordeiro

Foto: João Carvalho

Anúncios

Posted 13 de Abril de 2012 by João Carvalho in Foto, Pensamentos

Tagged with ,

Obrigado pelo seu comentário ! João Carvalho

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: